Home / Notícias / Aplicativo informa tempo de espera em emergências de Porto Alegre

Aplicativo informa tempo de espera em emergências de Porto Alegre

16890732Antes de se deslocar até as emergências de hospitais de Porto Alegre, pacientes do SUS poderão se informar sobre o número de pessoas na fila e
o tempo de espera aproximado para o atendimento. A situação das emergência das Capital será monitorada pelo aplicativo Aga Emergência, desenvolvido pela startup gaúcha Agahealth.

A ferramenta contará com a colaboração dos próprios usuários do sistema público. Ao chegar à unidade de saúde, os pacientes poderão informar ao aplicativo o atendimento, a cor atribuída a ele conforme classificação de risco, e o tempo médio estimado pela instituição. Essa base de dados será atualizada em tempo real.

Os usuários também poderão fazer avaliações e reclamações por meio do Agas Emergência. Estas informações comporão uma base de dados que poderá ser acessada a qualquer momento pela secretaria, possibilitando um acompanhamento mais detalhado do dia a dia nestes setores.

O aplicativo Aga Emergência foi criado pelo cirurgião otorrinolaringologista Geraldo Jotz, que faz parte da startup Agahealth, e pode ser baixado a partir de 19 de setembro, gratuitamente, no site agahealth.com, na loja Google Play (para sistemas Android) e ainda no final deste mês também estará disponível na App Store (para sistemas iOS). Em breve o Aga Emergência também poderá ser baixado em Windows Phone. O uso da ferramenta desenvolvida pelo médico foi oferecido gratuitamente à SMS, que também não terá nenhum custo pelo uso da base de dados construída a partir dos relatos dos usuários.

O aplicativo poderá ser usado em todos os municípios brasileiros, uma vez que os próprios usuários poderão cadastrar as unidades de atendimento de emergência e alimentar a ferramenta com informações.

Como vai funcionar

Depois de instalá-lo no smartphone ou tablet, o usuário pode localizar as salas de urgência/emergência definindo um raio de alcance para detectar as unidades de saúde mais próximas. Depois, ele terá acesso às informações de quantas pessoas estão na fila e o tempo de espera aproximado de cada emergência, permitindo que escolha uma unidade com menor fluxo de pacientes.

 

FONTE: Zero Hora

FOTO: Divulgação / PMPA

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Menino aguarda transplante de pulmão morando há seis anos em hospital de Canoas

Desde o primeiro ano de vida, o lar de Bernardo Moreira Loureiro, hoje com 7, …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: