Home / Blogueiros da Saúde -2014 / Blog da Saúde – Saúde nas Redes – Ministério da Saúde/Brasil

Blog da Saúde – Saúde nas Redes – Ministério da Saúde/Brasil

Saúde nas Redes unem as pessoas
As redes sociais em saúde devem atuar no diálogo e buscar aproximar a sociedade das instituições federais e não separá-las. As informações divulgadas pelo blogueiro necessitam representar verdadeiras ações em saúde pública, auxiliando na melhoria da qualidade de vida do cidadão que lê seu conteúdo.

Ana Beatriz Magalhães, repórter do Blog da Saúde. Departamento de Comunicação Social do Ministério da Saúde. Foto Alex Nunes
Ana Beatriz Magalhães, repórter do Blog da Saúde. Departamento de Comunicação Social do Ministério da Saúde. Foto Alex Nunes
  1. Um exemplo de planejamento e conteúdo que dão certo e podem ser acompanhado por todos nós é o Blog da Saúde, atualizado pelo Departamento de Comunicação Social do Ministério da Saúde – www.blog.saude.gov.br.

Gabriela Rocha, editora da página; e Ana Beatriz Magalhães, repórter mostraram aos ouvintes do II Encontro Nacional de Blogueiros que muitas ações do Ministério são divulgadas por meio do blog, o que facilita a comunicação entre a esfera governamental e a sociedade.

Gabriela Rocha, editora do Blog da Saúde. Foto: Alex Nunes
Gabriela Rocha, editora do Blog da Saúde. Foto: Alex Nunes

“Por incrível que pareça não recebemos muitas sugestões de pauta no blog. E isso é fundamental! Estamos abertos para que todos conheçam o Ministério da Saúde não apenas pelo lado institucional”, ressaltaram as jornalistas.


Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Pesquisa em Células Tronco, o que temos?

É indiscutível a importância das células-tronco para o futuro medicina. Elas podem se dividir e originar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas