Home / Notícias / Com greve do INSS, irmãs com esclerose não conseguem benefícios

Com greve do INSS, irmãs com esclerose não conseguem benefícios

A dona de casa Edenilde Silva Pequeno, de 60 anos, mora no município de Salgado, Sul de Sergipe, distante 67 km de Aracaju. Ela tem duas filhas que sofrem da mesma doença, a esclerose múltipla que é uma patologia autoimune que afeta o cérebro e a medula espinhal, prejudicando o sistema nervoso central. Na manhã desta segunda-feira (24) ela viajou até Aracaju com uma das filhas em uma ambulância na tentativa de receber os benefícios dela, mas mas voltou para casa sem sucesso.

“Carine perdeu completamente os movimentos do corpo há dois anos, quando ela tinha 23 anos. Há dois meses, a minha outra filha mais nova, a Greice Kelly, de 19 anos, também está na cama e perdeu todos os movimentos. Eu sou uma mulher sozinha, não tenho marido, nem irmãos, absolutamente ninguém”, desabafa desesperada a mãe.

salgado01
Dona de casa enfrenta estrada com a filha doente em ambulância não apropriada na esperança da liberação do benefício do INSS (Foto: Tássio Andrade/G1)

Segundo Edenilde, no dia 5 de agosto ela  também esteve na agência do INSS do Bairro Siqueira Campos, na Zona Oeste de Aracaju, para saber se os benefícios haviam sido liberados.

“Fui informada que precisaria esperar mais tempo. Eles alegam que por causa da greve o processo para liberação será mais lento. Porém, estou no meu limite em todos os aspectos.

Ainda tenho que cuidar de uma criança pequena, filho da Carine. Sou uma pessoa humilde, não entendo muita coisa”, relata Edenilde.

A viagem até Aracaju é feita em uma ambulância velha. De acordo com Edenilde, o INSS pede que a paciente compareça. “Ela está dentro de um carro caindo aos pedaços, não existe conforto algum. E ainda vamos voltar para casa na incerteza”, diz a mãe.

Infelizmente a Crise no INSS está afetando muitos pacientes de todo o Brasil que ainda sobrevivem do beneficio acabam desamparados nessa situação.

Fonte: G1

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

IX Fórum Nacional de Medicamentos no Brasil – Diabetes

O Diabetes continua sendo uma das principais causas de morte no mundo. A Organização Mundial …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas