Home / Notícias / Conferência debate os desafios da comunicação em saúde

Conferência debate os desafios da comunicação em saúde

Uma das mesas temáticas de discussão durante a 1ª Conferência Nacional de Livre de Comunicação em Saúde realizada em Brasília nesta quarta-feira, 19, foi os “Desafios da comunicação em saúde”.

Tendo como mediadora a conselheira do Conselho Nacional de Saúde, Francisca Rêgo, e como convidados Márcia Corrêa e Castro da Fiocruz e do Canal Saúde, Alexande Padilha, ex-ministro da Saúde entre os anos de 2011 e 2014, e Carmem Lúcia Luiz, representante da União Brasileira de Mulheres, a discussão teve como tema central os mecanismos necessários para conseguir democratizar o acesso à informação sobre saúde para a população.

O entendimento é de que apesar do Sistema Único de Saúde (SUS) ser reconhecido em todo o mundo como uma experiência exitosa, ele carece do conhecimento e da participação popular para corrigir as falhas e aprimorar sua eficiência.

O desafio é disseminar informações com o objetivo que a população conheça os serviços oferecidos pelo SUS que vão além do atendimento, como consultas e exames, nas unidades de saúde.

Um dos mecanismos para essa difusão de conteúdos relacionados ao tema é o Canal Saúde, que existe desde 1994, é do SUS, e é coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz. “As pessoas precisam entender que saúde é muito mais do que apenas a ausência de doença. É preciso criar um elo de comunicação com a sociedade. SUS e comunicação precisam caminhar juntos para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde”, disse Márcia Corrêa e Castro, superintende do canal.

Alexandre Padilha, ex-ministro, elogiou a iniciativa de promover a conferência e falou sobre a experiência e os desafios da comunicação em saúde percebidas durante sua gestão no ministério. “É impossível promover saúde sem uma informação de qualidade. Não existe SUS sem o engajamento da sociedade, sem esse diálogo que é extremamente necessário”, explicou.

A mesa temática também oportunizou a participação dos representantes dos estados que expuseram suas dificuldades na promoção da comunicação em saúde.

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Pacientes oncológicos podem viajar?

Especialista alerta para os cuidados que pacientes que enfrentam câncer devem tomar na hora de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas