Home / Notícias / Entenda o diabetes tipo 2 e como tratá-lo

Entenda o diabetes tipo 2 e como tratá-lo

Equipe médica do Hapvida Saúde orienta sobre alimentação, atividades físicas e medicação para prevenir e tratar a doença

Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 90 a 95% das pessoas com diabetes se enquadram na categoria tipo 2. A doença é um quadro crônico e tem como causa a baixa produção de insulina no corpo ou uma resistência criada à substância, que impede que o nível alcance a quantidade necessária para as atividades diárias.

Embora o diabetes tipo 2 esteja relacionado à obesidade, ao sedentarismo e seja mais comum em pessoas acima de 45 anos de idade, o histórico familiar é um fator determinante como condição de risco. A doença pode ser tratada com mudanças de hábito, o que envolve uma alimentação saudável, atividades físicas e medicação adequada.

Pensando no bem-estar dos pacientes com diabetes tipo 2, a equipe de medicina preventiva do Hapvida Saúde preparou algumas dicas importantes para o tratamento e controle da doença. É importante ressaltar que, por ser uma enfermidade ligada a questões comportamentais, as dicas sobre alimentação e atividades físicas podem ser consideradas como métodos de prevenção.

Orientações nutricionais
Alimentos ricos em açúcares devem ser evitados ao máximo, bem como a ingestão de gorduras de carne vermelha, embutidos, frituras e vísceras. É importante consumir alimentos com fibras, verduras cruas, produtos integrais, pois eles evitam que a glicose no sangue se eleve rapidamente.

Também é indicado o consumo de duas a quatro porções de frutas durante o dia, porém, sem ultrapassar mais de uma unidade da fruta na mesma refeição. Dependendo da fruta, pode ser ingerida com iogurte desnatado, bolacha integral, aveia ou leite desnatado. Por fim, consuma dois litros de água por dia.

Atividades físicas
Uma rotina com exercícios feitos três vezes por semana, com 40 minutos de duração, é um bom pontapé inicial. Além de atividades esportivas como correr, pedalar, nadar e dançar, atitudes para evitar o sedentarismo devem ser tomadas. Para isso, uma sugestão é trocar o elevador pelas escadas quando a distância for curta e substituir o carro pela caminhada sempre que possível.

Medicação
Nas situações em que há a necessidade de medicação, é preciso cumprir as prescrições médicas rigorosamente, criando mecanismos para evitar que a dose diária seja esquecida. Cuidados higiênicos como lavar bem as mãos com água e sabão antes de manipular os medicamentos são essenciais.

Fonte:
CDN Comunicação – www.cdn.com.br

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Retinopatia diabética pode causar cegueira irreversível, mas tem tratamentos inovadores para casos avançados

Retinopatia diabética pode causar cegueira irreversível, mas tem tratamentos inovadores para casos avançados Especialista do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas