Home / Notícias / Exame internacional disponível no Brasil detecta alimentos que causam intolerância em cada pessoa

Exame internacional disponível no Brasil detecta alimentos que causam intolerância em cada pessoa

A alimentação pode provocar reflexo direto na qualidade de vida de um indivíduo e o fato de optar por alimentos saudáveis, naturais ou lights não necessariamente podem ser benéficos a todos os organismos. Isso é o que mostra o mais recente exame de intolerância alimentar disponível no Brasil.

A tecnologia alemã do laboratório EUROIMMUN reúne em um exame a possibilidade de identificar, em mais de 200 tipos de alimentos, aqueles que podem causar intolerância em determinada pessoa. A avaliação é individual e deve ser solicitada por um profissional de saúde, como explica a Dra Thayana Albuquerque Kirchhoff, nutricionista clínica, naturopata e mestre em neurociência e biologia celular que visitou a empresa na Alemanha para conhecer o exame e traze-lo à Belém.

“A intolerância alimentar pode trazer mais de 150 sintomas que na maioria das vezes as pessoas não irão associar com a alimentação. Desta forma, elas passam uma vida inteira manifestando sintomas desagradáveis sem saber a causa”, comenta. Não há nenhuma contra indicação e todos podem fazer o exame. “Normalmente eu utilizo o exame em pessoas que apresentam um conjunto clássico de sintomas. O objetivo é amenizar os desconfortos melhorando a qualidade de vida e promovendo a longevidade saudável”, explica a nutricionista.

Diferente da alergia, em que os sintomas aparecem imediatamente após a ingestão do alimento, a intolerância produz efeitos mais leves, porém de igual desconforto. Os principais sintomas são fadiga, enxaqueca, ansiedade, problema intestinal, rinite, sinusite, problemas de pele, de peso, dor articular, depressão, dor abdominal, palpitação cardíaca e etc.

Para a Dra. Thayana, o processo de intolerância também pode desencadear outras complicações. “As intolerâncias alimentares desequilibram nosso intestino, que é responsável pela nossa imunidade e modulação de diversos hormônios e neurotransmissores. Um intestino inflamado pode se tornar a porta de entrada do corpo para diversas toxinas. Além disso, para o paciente que quer emagrecer, por exemplo, um intestino saudável auxilia no processo, então as pessoas acima do peso também se beneficiam do teste”, ressalta.

O teste EUROLINE-FOOD está disponível no país por meio da filial brasileira da EUROIMMUN. Diferente de outros exames de intolerância alimentar ofertados no mercado, este diagnóstico consegue mediar as quatro subclasses de IgG (1,2,3,4) e entregar um resultado preciso. Em Belém, os interessados podem passar em consulta com a Dra. Thayana Kirchhoff para solicitar o procedimento.

Sobre a EUROIMMUN

Líder mundial em soluções para diagnóstico laboratorial, a EUROIMMUN possui um sólido registro de patentes e métodos inovadores de produção. Com mais de 30 anos de atuação no mercado global, a empresa é especializada no diagnóstico de doenças autoimunes, infecciosas, alergias e genética. Os métodos predominantes aplicados no desenvolvimento dos seus produtos são a imunofluorescência, ELISA, imunoblot e biologia molecular.

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Onofre faz Black Farma com descontos de até 90%

Onofre faz Black Farma com descontos de até 90% Medicamentos de uso contínuo, saúde, beleza, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas