Home / Notícias / Frente em Defesa do SUS estabelece calendário para 2018

Frente em Defesa do SUS estabelece calendário para 2018

A Associação Paulista de Medicina sediou o terceiro encontro da Frente Democrática em Defesa do SUS, nesta quinta-feira (7), para estabelecer um calendário de mobilização para 2018. Foi definido que uma reunião ampliada, a ser realizada em 26 de fevereiro, às 19h30, preparará um ato público de protesto para 5 de abril, às vésperas do Dia Mundial da Saúde (7), para denunciar aos cidadãos e a mídia os principais problemas que inviabilizam uma assistência universal, integral e de qualidade.

Também foi aprovada por unanimidade a produção de pesquisas de opinião com pacientes e profissionais de saúde. A ideia é colher a percepção sobre o atendimento, acesso, condições para a assistência dos segmentos multiprofissionais etc, sendo que os resultados devem ser apresentados para a imprensa em coletiva pré-agendada para o fim de maio de 2018.

Outra importante resolução da Frente Democrática em Defesa do SUS foi construir um Programa Prioritário para a Saúde, com ações que devem ser tomadas em todos os níveis da administração pública, o mais breve, para que a saúde vire, de fato, política do (e de) Estado, em vez de seguir sendo tratada como plataforma de governos de plantão e/ou partidos.

O Programa Prioritário para a Saúde será elaborado por todos os setores presentes na Frente, além dos que a ela se incorporarem até meados de junho. O objetivo é enviar o documento aos candidatos a deputados, ao Senado, aos governos e à Presidência da República, para que o assumam como plataforma de seus mandatos, caso eleitos.

Encontros com autoridades
Na próxima segunda-feira (11), representantes da Frente têm encontro marcado com o senador José Serra (PSDB), no gabinete do parlamentar, em São Paulo. Já no dia 14, serão recebidos pelo vice-governador de São Paulo, Márcio França (PSB).

Também estão em processo de agendamento audiências com os senadores Ronaldo Caiado (DEM) e Paulo Paim (PT), além de uma ida a Brasília para diálogo com parlamentares simpáticos à causa, além de encontros com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

Problemas históricos
“Já é de conhecimento de todos os problemas enfrentados pelo Sistema Único de Saúde. A nossa proposta agora é partir para uma ação prática, com a contribuição de cada organização”, enfatizou o médico e vereador de São Paulo Gilberto Natalini, mediador da reunião, ao abri-la oficialmente na manhã de hoje.

“Volto a enfatizar que é fundamental mobilizar o máximo de forças sociais, pois essa luta é uma luta suprapartidária, em defesa da saúde dos cidadãos. Temos de agir sempre com imparcialidade e neutralidade, focando nas questões do SUS, completou o diretor adjunto de Defesa Profissional da Associação Paulista de Medicina, João Sobreira de Moura Neto.

Participaram também do encontro João Inácio Mildner (Arquidiocese de São Paulo), Jonatas da S. Souza (Crefito-3), José Aureliano P. de Vasconcelos (Cobap), Luciana Feldman (Gabinete do Vereador Natalini), Marcelo Araf (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – Regional São Paulo), Marilene Rezende Melo (Associação Brasileira de Mulheres Médicas), Mario Santoro (Cejam), Neide Aparecida Sales Biscuola (APCD), Orlando Cândido dos Passos (Observatório da Saúde), Antônio Vitor Ramos Cardoso (UBS-Cambuci), Carlos Augusto Meinberg (Santa Casa), Carlos Benedito Marcondes (UBS/AMA – Sé Frederico Alvarenga), Edson Ferreira da Silva (Sindhosfil), Fabíola Campos (Coren-SP), Francisca Goreth M. Fantini (Academia Brasileira de Neurologia), Héldio Fortunato Gaspar de Freitas (SBMEE), Ismael Gianeri (UGT), José Carlos Prates (Academia de Medicina de São Paulo), Pedro Alberto Miracca (UBS – Cambuci), Wilson Rubens Andreoni (SBCP) e Artur Monteiro (conselho participativo).

Apoios à Frente 
Integram a Frente Democrática em Defesa do SUS as seguintes instituições:
Associação Paulista de Medicina (APM)
Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp)
Associação Brasileira de Mulheres Médicas – Seção São Paulo
Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica (ABCP)
Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional São Paulo (SBCP-SP)
Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SBED)
Associação Brasileira de Medicina Psicossomática – Regional São Paulo (ABMP-SP)
Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP)
Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – Regional São Paulo (SBGG-SP)
Sociedade Brasileira de Mastologia – Regional São Paulo (SBM-SP)
Sociedade Paulista de Medicina do Esporte (Spamde)
Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo)
Sociedade Paulista de Infectologia (SPI)
Associação Paulista de Homeopatia (APH)
Associação Brasileira de Medicina Biomolecular
Sociedade de Anestesiologia do estado de São Paulo (Saesp)
Sociedade Paulista de Reumatologia (SPR)
Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM)
Sociedade Brasileira de Urologia – Secção São Paulo (SBU-SP)
Associação Paulista de Medicina do Trabalho (APMT)
Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica (SBNC)
Associação Brasileira de Cirurgiões Dentistas (ABCD)
Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas (APCD)
Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp)
Associação Odontológica da Prefeitura de São Paulo (AOPSP)
Associação Brasileira de Enfermagem – Seção São Paulo (ABEn-SP)
Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP)
Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 3ª Região (Crefito3)
Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp)
Sindicato das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo (Sindhosfil)
Santa Casa de São Paulo
Fórum das Organizações Sociais de Saúde de São Paulo
Instituto do Câncer Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho
Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim”

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Inovação para o tratamento da artrite reumatoide, doença inflamatória intestinal e esclerose múltipla é pesquisada no Brasil #UFMG

Uma proteína para regular a inflamação Secretada por bactéria recombinante, molécula estimula ação anti-inflamatória na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas