Home / Notícias / Micoses podem ser grandes vilões durante o verão para pessoas com diabetes

Micoses podem ser grandes vilões durante o verão para pessoas com diabetes

O verão chegou e o feriado prolongado de carnaval já está aí. Neste período, a ansiedade em curtir a praia e a piscina deixam de lado alguns cuidados essenciais com a saúde. Todo mundo sabe que usar protetor solar e evitar a exposição ao sol nos horários de pico podem prevenir danos à pele e à saúde.

O que poucos sabem, é que existem alguns cuidados importantes com o pé para evitar fungos e consequentemente infecções, como as micoses que podem ser superficiais, mas também provocar feridas profundas, trazendo uma grande preocupação para pessoas com diabetes.

O Dr. Fábio Batista, médico ortopedista especializado em pé diabético, explica que é preciso manter os pés sempre limpos, hidratados, protegidos por calçados apropriados prescritos por um médico especialista e nunca andar descalço.

Vale lembrar que manter os pés secos durante os dias mais quentes e com chuva podem evitar micoses. “Os pés sempre são verificados durante consultas em pacientes com diabetes e o tratamento só será eficiente com um diagnóstico precoce e, também, pelo estado clínico do paciente”, comenta.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a cada um minuto, três pessoas são amputadas no mundo em decorrência da doença. Motivo mais que especial para que os pés sejam bem tratados. “As pessoas com diabetes precisam ter atenção dobrada. Complicações, como o pé diabético, podem ser evitadas com prevenção. A diabetes é uma doença complexa, que a sociedade precisa se conscientizar sobre seus sintomas e consequências”, explica.

Fonte: Segs

Sobre Priscila Torres

mm

O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR.
Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social “Jornalismo” na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Conselho Federal de Medicina agiliza diagnóstico de morte encefálica

Os critérios para diagnóstico de morte encefálica foram alterados nesta terça-feira, 12, pelo Conselho Federal …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas