Home / Notícias / Novo projeto terá ‘catálogo’ de material genético de crianças com câncer no DF

Novo projeto terá ‘catálogo’ de material genético de crianças com câncer no DF

Projeto da Abrace e do Hospital da Criança de Brasília pretende agilizar diagnóstico e aumentar taxa de cura

Para melhorar o diagnóstico de câncer e de doenças raras no Hospital da Criança de Brasília, a Abrace – ONG que presta assistência a famílias de crianças com câncer – vai aumentar o investimento em pesquisa. A novidade da parceria com o hospital é o projeto Biobanco, que coleta, armazena, cataloga, organiza e disponibiliza amostras biológicas para investigações científicas.

Na prática, o Biobanco representará um avanço no trabalho do Centro Integrado e Sustentável de Ensino e Pesquisa (Cisep), que já realiza várias pesquisas com medula óssea para os estudos diretamente ligados a leucemia pediátrica.

O objetivo do projeto é fazer com que as pesquisas sejam realizadas para todos os tipos de câncer. A amostra biológica de cada paciente será coletada e armazenada. Com os estudos em mãos, a missão é aumentar a taxa de cura e diminuir o sofrimento dos pequenos, ao agilizar diagnósticos.

O dinheiro para tocar o projeto será recolhido neste sábado (25), com as vendas de produtos de uma rede de fast food.

Pesquisa do laboratório Biobanco, do Hospital da Crianca de Brasília, pode amenizar os efeitos colaterais do tratmento de câncer em crinaças.  (Foto: Reprodução/EPTV)Pesquisa do laboratório Biobanco, do Hospital da Crianca de Brasília, pode amenizar os efeitos colaterais do tratmento de câncer em crinaças.  (Foto: Reprodução/EPTV)

Pesquisa do laboratório Biobanco, do Hospital da Crianca de Brasília, pode amenizar os efeitos colaterais do tratmento de câncer em crinaças. (Foto: Reprodução/EPTV)

A diretora técnica e coordenadora do Núcleo de Oncologia e Hematologia Pediátrica do Hospital da Criança de Brasília, Isis Magalhães, comemorou a elaboração do projeto e os resultados que podem ser alcançados.

“Eu, como médica, posso voltar ao material genético guardado no diagnóstico de uma criança para redirecionar o tratamento quando uma recente descoberta científica nos trouxer novas tecnologias diagnósticas e possibilidades terapêuticas”, explicou.

Fonte: G1

Sobre farmaleachou

Além disso, verifique

Conheça mais sobre Degeneração Macular Relacionada à Idade

Doença é uma das principais causas de perda visual a partir dos 50 anos. Mais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas