Home / Notícias / Perda de visão e de memória são principais preocupações da velhice
Doctor performing medical examination on patient's eye --- Image by © Image Source/Corbis

Perda de visão e de memória são principais preocupações da velhice

Internacionalmente, as cinco principais condições físicas que preocupam as pessoas, agora ou quando envelhecerem, são perda de visão, não estar mentalmente alerta, falta de energia, dificuldades para cuidar de si mesmas fisicamente e serem incapazes de caminhar ou dirigir.

Essas são as descobertas de uma pesquisa GfK feita de forma online em 17 países, que perguntaram às pessoas quais condições físicas mais preocupantes, agora ou quando envelhecerem, a partir de uma lista de 19 condições diferentes:

Perda de visão 38%

Não ficar mentalmente alerta / perda de memória 38%

Falta de energia 36%

Ter dificuldades para se cuidar fisicamente 34%

Perda de mobilidade / incapacidade para andar ou dirigir 33%

Sofrer de dores no corpo 30%

Ganhar peso 27%

Ter maiores riscos de doenças sérias 26%

Perder a audição 24%

Ter problemas digestivos / irregularidades 21%

Ter rugas, ficar encurvado / pele flácida 21%

Perder o cabelo ou ficar com cabelo muito fraco 20%

Incontinência 19%

Perder tonificação nos músculos 19%

Perder o desejo sexual 17%

Ficar com cabelo grisalho ou branco 16%

Desenvolver marcas de idade, cicatrizes ou veias muito evidentes 15%

Menopausa 10%

Nenhuma delas 10%

O estudo revela como são comuns algumas preocupações em países diferentes e entre gêneros – informações que fabricantes e varejistas podem usar para melhor direcionar a colocação e publicidade de seus produtos.

Por exemplo, 38 por cento da população online internacional diz que “perda de visão” é uma preocupação. Mas isso cresce para mais da metade na Espanha (53 por cento), México e Argentina (os dois com 52 por cento). Da mesma forma, “não estar tão mentalmente alerta” é uma preocupação para 38 por cento das pessoas internacionalmente, mas é muito maior na Espanha (66 por cento), Argentina (58 por cento), Alemanha (52 por cento), México (51 por cento) e Itália (50 por cento).

Alguns países também se destacam como mais preocupados com condições físicas específicas comparados com outros. A Rússia é o único país pesquisando no qual “perder os dentes” é uma das cinco preocupações mais populares, enquanto no Japão e na Coreia “ter rugas ou pele flácida” está entre as cinco maiores. O Japão também tem “perder a tonificação muscular” entre as cinco maiores preocupações, outro quesito que não apareceu entre os principais em outros países.

Também foram vistas diferenças entre homens e mulheres. Os dois gêneros têm as mesmas cinco preocupações físicas em relação ao envelhecimento – apesar de que em ordem um pouco diferente. No entanto, olhando mais fundo na lista, muitos mais homens que mulheres se preocupam com “perda do desejo sexual” (22 por cento dos homens; 11 por cento das mulheres) – e mais mulheres do que homens estão preocupadas com “ter rugas ou pele flácida” (32 por cento das mulheres; 11 por cento dos homens).

Faça o download dos resultados completos de todos os 17 países: http://www.gfk.com/global-studies/global-study-overview/

Sobre o estudo

A pesquisa online da GfK entrevistou mais de 22.000 consumidores com mais de 15 anos em 17 países. O trabalho de campo foi completado no verão de 2016 com dados pesados para refletir a composição demográfica da população online com mais de 15 anos em cada mercado: Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Itália, Japão, México, Países Baixos, Rússia, Coreia do Sul, Espanha, Reino Unido e EUA.

To view the original version on PR Newswire, visit:http://www.prnewswire.com/news-releases/perda-de-visao-e-de-memoria-sao-principais-preocupacoes-da-velhice-300352817.html

Sobre Priscila Torres

mm

O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR.
Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social “Jornalismo” na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Mulheres na luta contra o câncer

Depois de um mês inteiro dedicado ao combate e à conscientização sobre o câncer de …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas