Home / Notícias / VG capacita Agentes Comunitários para implantação do e-SUS

VG capacita Agentes Comunitários para implantação do e-SUS

Para atender aos diversos cenários de informatização e conectividade nos serviços de saúde, a Secretaria Municipal da Saúde de Várzea Grande  já aderiu  ao programa  e-SUS que é o novo sistema digital da AB (Atenção Básica) que substitui o Sistema de Informação da Atenção Básica (Siab) proposto pelo Ministério da Saúde.

Nessa adesão a Saúde Municipal iniciou com ciclo de capacitações aos profissionais da  Rede de Atenção Básica para implantação do novo Sistema. Com isso as informações dos usuários do SUS serão mais detalhadas e precisas. Cerca de 200 agentes de saúde participaram da capacitação sobre o novo sistema, na tarde de terça-feira ( 22), no auditório III, do Bloco C do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag).

Para o superintendente de Atenção Básica de Saúde do Município, Geovane Renfro, a Saúde necessita se adequar e dar agilidade aos cadastros e para tanto será realizada uma nova ação para cadastro individual familiar. “Vamos realizar durante todo o mês de dezembro mutirões em todas as unidades básicas e cadastrar 100% da população varzeagrandense que é atendida nas unidades de saúde e inserí-las aos sistemas.”Esta ação resultará em mais uma conquista para melhoria do serviço de Saúde do município de Várzea Grande nas ações de prevenção. A Produção de cada unidade tem que gerar dados, e esses dados, necessitam constar no sistema o que evitará corte de recursos nos programas que são financiados pelo Ministério da Saúde”.

O superintendente disse ainda que já foram cadastrados 24% de um total de 65 mil pessoas atendidas pelas unidades básicas. A expectativa é de que esse número total seja efetivado durante o período de realização dos mutirões.

“A capacitação visa elaborar diretrizes a fim de aperfeiçoar o atendimento dos agentes que integram os serviços do Programa Saúde da Família e instruí-los sobre a correta forma de cadastrar as informações exigidas pelo novo sistema e que ainda estão pendentes. Várzea Grande possui 19 mil domicílios de abrangência junto as unidades do Programa Saúde da Família e a intenção é também o de chegar até as comunidades de difícil acesso”, afirmou.

Geovane Renfro explicou que o e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB) é uma estratégia do Ministério da Saúde por meio do Departamento de Atenção Básica que visa reestruturar as informações da Atenção Básica em nível nacional. “ Esta ação está alinhada com a proposta geral de reestruturação dos Sistemas de Informação em Saúde do Ministério da Saúde, entendendo que a qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população. A estratégia e-SUS AB, faz referência ao processo de informatização qualificada do Sistema Único de Saúde em busca de um SUS eletrônico, o que gera eficiência e agilidade na oferta dos serviços”, finalizou.

Fonte: FolhaMax

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Câncer de próstata: conheça os fatores de risco e a importância do tratamento precoce

Lidar com o câncer de próstata nunca é uma situação simples, mas é possível viver …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas