Home / Notícias / Diga sim para a segurança de tratamento de pacientes com câncer de mama

Diga sim para a segurança de tratamento de pacientes com câncer de mama

Neste carnaval, decisões importantes sobre políticas públicas de acesso a tratamentos poderão ser tomadas pelo Ministério da Saúde.

Anvisa por meio da Nota Técnica nº 003/2017, recomenda que somente o médico poderá decidir se o paciente estável em tratamento poderá trocar de um biológico para o biossimilar.

Mesmo assim, o Ministério da Saúde vai gastar 400 milhões de reais com a compra de traztuzumabe biossimilar, sem definir critérios de segurança para fornecimento e monitoramento, pois o Grupo de Trabalho (GT) criado para formular a Política Nacional de Medicamentos Biológicos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), realizou a última reunião em dezembro de 2018 e até este momento não publicou as diretrizes que deveriam regulamentar o tema.

Dessa forma o menor preço vai decidir a mudança no tratamento das brasileiras com câncer de mama. O trastuzumabe é uma medicação importante para determinados grupos de pacientes com câncer de mama.

A Biored Brasil por meio de suas 41 associações, solicita o seu apoio à petição online disponível neste link: https://peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR110984

#nãovaitertroca é um movimento pela segurança do paciente usuários de medicamentos biotecnológicos. Assine e compartilhe!

EDITAL – P.E. N 5-2019 – Trastuzumabe – nova data de abertura-1

Saiba mais sobre a compra de trastuzumabe biossimilar:

https://www.bioredbrasil.com.br/pregao-de-r-400-milhoes-abre-duvida-sobre-troca-de-biologico-por-similar-no-sus/

Confira o que defende a Biored Brasilhttps://www.bioredbrasil.com.br/manifesto-pela-seguranca-do-paciente-usuario-de-medicamentos-biotecnologicos-no-brasil/

Assista a audiência pública realizada pelo Departamento de Logística em Saúde e o Departamento de Assistência, no dia 23 de dezembro de 2018 (véspera de Natal).

Manifesto pela seguranc_a do paciente usua_rio de medicamentos biotecnolo_gicos no Brasil

 

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Nova gestão do Ministério da Saúde irá ampliar o diálogo, a participação social e revela as prioridades recomendadas para 2023

Perspectiva para a saúde em 2023, é tema debatido durante a 337º Reunião Ordinária do …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco
Suporte aos Pacientes
Olá, envie a sua mensagem para o nosso Programa de Suporte aos Pacientes