Home / Notícias / Fiocruz promove mostra gratuita de filmes científicos no Rio

Fiocruz promove mostra gratuita de filmes científicos no Rio

Câmeras especiais, imagens de tirar o fôlego, curiosidades e discussões com impacto direto em nosso dia a dia. Estes são alguns dos ingredientes que vão aguçar o interesse do público e movimentar a primeira mostra de filmes científicos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Promovido pelo Serviço de Produção e Tratamento de Imagem do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), o 1º FIOCine exibirá mais de 50 produções – entre filmes, curtas-metragens e documentários nacionais e estrangeiros – que abordam uma vasta gama de assuntos, que vão desde a evolução humana, preservação da biodiversidade e o impacto dos raios cósmicos sobre o planeta, até a supercomputação, consumo consciente de energia e propagação de vírus que afetam animais e pessoas, dentre outros.

O evento acontece de 20 a 28 de abril (exceto nos dias 21, 22, e 23), sempre das 10h às 12h e das 14h às 16h, no campus da Fiocruz, em Manguinhos, no Rio de Janeiro (Av. Brasil, 4.365 – Auditório do Pavilhão Arthur Neiva).

Toda a programação é gratuita e não há necessidade de inscrição. Classificação livre. Mais informações, programação detalhada e trailers podem ser acessados no site www.ioc.fiocruz.br/fiocine. A mostra conta com a parceria da Associação Espanhola de Cinema e Imagem Científicos (ASECIC) e da Associação Internacional de Mídia Científica (IAMS, na sigla em inglês).

A abertura do evento contará com uma homenagem a um dos maiores divulgadores científicos dos últimos anos, o pesquisador Leopoldo de Meis, falecido em dezembro de 2014. Fundador do Instituto de Bioquímica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), de Meis introduzia jovens de áreas carentes à ciência de forma lúdica e prazerosa. O encontro acontecerá no dia 20 de abril, às 10h. Em seguida, o presidente da ASECIC, Francisco García García promove a conferência Cinema e imagem científicos e sua função na comunicação e difusão da ciência. A palestra será ministrada em espanhol.

“Vamos transformar o auditório em uma verdadeira sala de cinema. Nossa ideia é disponibilizar produções audiovisuais científicas de alta qualidade para a população, com filmes premiados em festivais internacionais”, destaca Genilton José Vieira, chefe do Serviço de Produção e Tratamento de Imagens do IOC/Fiocruz e organizador do evento. “A divulgação científica é um importante instrumento que precisa ser valorizado”, completa Genilton, que é diretor de produções premiadas internacionalmente, entre elas, o documentário Aedes aegypti e Aedes albopictus – Uma ameaça nos Trópicos, que faz parte da programação. O 1º FIOCine é aberto ao público em geral. Podem participar estudantes e especialistas de todas as áreas do conhecimento e interessados nos temas abordados.

Confira os destaques da programação:

– A emergência e reemergência de doenças, como zika, chikungunya e febre amarela, preocupam autoridades de saúde e membros da comunidade científica. O documentário espanhol A Era dos Vírus, dirigido por Graziella Almendral, está inserido nesse contexto. A produção aborda questões relacionadas a diferentes micro-organismos, entre eles, os vírus influenza, Marburg, ebola e HIV, que causam impactos para a saúde pública em diversos países. Será exibido dia 25/4, a partir das 14h.

– Um trabalho de arte e também de ciência, A contração muscular, de Leopoldo de Meis, é uma animação criativa que traz luz sobre fenômenos complexos de um modo que não somente explica claramente, como também comove. O filme mostra de uma forma muito eficiente os aspectos fisiológicos e moleculares do tema. Será exibido dia 20/4, às 15h.

– Cores e movimento chamam atenção em Paternidade Conflitante, uma produção da série Descobrindo o Comportamento Animal. O vídeo trata do processo reprodutivo das libélulas, cujas fêmeas realizam uma espécie de ‘competição’ ao selecionar o material genético do macho que dará origem à sua prole. A direção é de Alberto José Redondo Villa. Será exibido dia 24/4, a partir das 15h.

– O documentário Micromater, de Luis Juan Gonzáles Paterna, mostra imagens inéditas do mundo dos invertebrados. A produção analisa mais de 20 estratégias de fêmeas capazes de desenvolver comportamentos complexos com a missão de trazer seus filhotes ao mundo. Será exibido dia 24/4, às 15h20.

– Priego Através das Borboletas, de Alberto José Redondo Villa, propõe uma verdadeira viagem ao explorar a história de um povoado de Córdoba, na Espanha, a partir da perspectiva das borboletas que habitaram a cidade. O vídeo faz uma visita às principais épocas históricas, da pré-história aos dias atuais, revelando as principais espécies que passaram pela área em cada período. Será exibido dia 24/4, às 14h15h.

– Tecnologia, sustentabilidade e cultura também ganham espaço entre as produções. Luz, Trevas e o Método Científico, de Leopoldo de Meis, expõe a relação entre as descobertas da ciência e as suas consequências para o planeta. Em um amplo contexto, o documentário sugere a reflexão sobre a sobrevivência da humanidade diante dos avanços tecnológicos. Será exibido dia 20/4, às 14h.

– O impacto dos computadores de alto desempenho na ciência e na vida cotidiana é o tema do documentário Supercomputação. A produção retrata o desenvolvimento de pesquisas em diferentes áreas, da dinâmica molecular aplicada à compreensão do câncer ao estudo das supernovas, corpos celestes que resultam da explosão de estrelas. A direção é de Fernando Cucchietti. Será exibido dia 28/4, às 10h30.

– O filme Conservação do Mediterrâneo reforça a conscientização da necessidade de preservação do ambiente natural e da biodiversidade do Mar Mediterrâneo. A produção apresenta diferentes ações sociais que visam reduzir a degradação do local. A direção é de Antonio Marquez. Será exibido dia 26/4, às 10h.

Confira a programação detalhada em www.ioc.fiocruz.br/fiocine.

Serviço: I FIOCine – Mostra de Filmes Científicos da Fundação Oswaldo Cruz

Local: Campus da Fiocruz, em Manguinhos, no Rio de Janeiro (Av. Brasil, 4.365 – Auditório do Pavilhão Arthur Neiva)
Abertura: 20 de abril, às 10h
Sessões: 20 a 28 de abril (exceto nos dias 21, 22, e 23), sempre das 10h às 12h e das 14h às 16h
Classificação: Livre
Entrada gratuita
Informações: Serviço de Produção e Tratamento de Imagem do Instituto Oswaldo Cruz
E-mail: imagem@ioc.fiocruz.br
Tel: (21) 2562-1292

Fonte: Blog da Saúde

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Mais de 50 mil AVCs podem ser evitados por ano no Brasil – entenda como

Figurando há anos como uma das principais causas de morte no país, o acidente vascular …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas