Home / Notícias / Nutricionista dá dicas de alimentação no carnaval para todos os gostos

Nutricionista dá dicas de alimentação no carnaval para todos os gostos

Confira estratégias para aproveitar o feriado ao máximo e do seu jeito

Quatro dias seguidos de muita festa, sol e dança nas ruas de todo o país: o carnaval é uma das épocas do ano mais aguardadas pelos brasileiros. Além dos bloquinhos de rua, há quem aproveite para viajar, descansar em casa, se reunir com os amigos – ou todas as alternativas anteriores. Mas, seja qual for a sua opção, o importante é tentar manter uma rotina equilibrada.

O exagero de álcool, sol forte o dia inteiro e muito tempo em jejum são alguns dos erros mais cometidos pelos foliões e que podem atrapalhar a diversão. Para garantir a saúde e a disposição durante toda a semana, confira as dicas e receitas da nutricionista do Vigilantes do Peso, Gabriella Gachet.

Para aliviar os sintomas da ressaca:

Se você é daqueles que gostam de uma cervejinha, tudo bem. O que ninguém deseja é a ressaca no dia seguinte, quando ainda há dias para aproveitar. É possível evitar a sensação de secura e dor de cabeça com uma alimentação planejada para minimizar os efeitos do álcool. Algumas dicas são velhas conhecidas de quem gosta dos drinks, como: evitar beber com o estômago vazio, conhecer seus limites e ingerir muita água entre as bebidas alcoólicas. “Para reduzir a desidratação provocada pelo álcool, coma frutas mais ricas em água, como melancia, laranja e abacaxi. No dia seguinte, continue a se hidratar com sucos e água de coco e dê preferência a pratos leves, com pouco sal e gordura“, aconselha Gabriella.

Para matar a fome durante a folia:

O mais indicado é fazer uma boa refeição antes de ir para a festa. “Não deixe de fazer uma pausa para o almoço, evitando ficar muito tempo em jejum. Proteínas magras, carboidratos integrais, frutas e legumes são os alimentos mais indicados para compor o seu prato”, afirma Gabriela.

Outra dica é estar atento à procedência do alimento, principalmente às condições de higiene e conservação. Embora seja difícil fugir das opções tentadoras dos ambulantes e barraquinhas locais, não compre comida que esteja armazenada sob o sol ou beba diretamente em latas e garrafas. Preste atenção também se quem faz a preparação utiliza luvas, toucas e guardanapos. E evite alimentos que contenham ingredientes como maionese, frutos do mar e frios.

Para se refrescar:

Como o carnaval acontece durante o verão, é comum que os dias sejam quentes e ensolarados. Por isso, não dá para dispensar os cuidados básicos com o corpo. Na hora de preparar as refeições, selecione alimentos ricos em vitaminas e compostos antioxidantes. Folhas verde-escuras, beterraba, cenoura e laranja são fontes de vitamina A e C, que protegem a pele dos danos causados pelos raios solares e melhoram o sistema imunológico. Nozes e castanhas podem ser boas opções de lanches para carregar com você, pois são ricos em vitamina E, um poderoso antioxidante. Manter-se hidratado também é fundamental – água, chás gelados e picolés de frutas são excelentes escolhas. E não se esqueça dos óculos de sol e do protetor solar antes de sair de casa.

Para compartilhar com a turma reunida em casa:

Não só de bloquinhos de rua é feito o carnaval, não! Dos quatro dias de folga, há quem tire um – ou todos – para ficar em casa e reunir os amigos. Com a facilidade dos aplicativos para pedir comida, é fácil cair na tentação dos fast foods, mas preparar sua refeição em casa também pode ser rápido, prático, gostoso e divertido!

“Junte os amigos para um churrasco e prepare carnes magras e espetinhos de legumes no grill. Para um lanche rápido, aperitivos como palitos de cenoura, queijos, castanhas e pipoca são deliciosos. E, para a sobremesa, uma salada de frutas com iogurte, bem refrescante“, sugere a nutricionista.

Para quem vai viajar:

Mesmo estando de folga, os viajantes acabam criando um roteiro de passeios extenso, o que pode tornar os dias atarefados. O desafio, muitas vezes, é se afastar de lanchonetes. Antes de partir para a estrada, prepare alguns lanchinhos rápidos. Separe, em saquinhos com lacre, frutas fáceis de serem consumidas: maçã, banana, pera, uva. Em um pote bem vedado, leve pipoca temperada com um pouco de queijo parmesão ralado, ervas finas ou pimenta do reino. E, para percursos mais longos, sanduíches no pão sírio recheados de homus, legumes ou ricota.

Texto: Nutricionista do Vigilantes do Peso, Gabriella Gachet

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Nova gestão do Ministério da Saúde irá ampliar o diálogo, a participação social e revela as prioridades recomendadas para 2023

Perspectiva para a saúde em 2023, é tema debatido durante a 337º Reunião Ordinária do …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco
Suporte aos Pacientes
Olá, envie a sua mensagem para o nosso Programa de Suporte aos Pacientes