Home / Notícias / Como competir com o Dr. Google?

Como competir com o Dr. Google?

dr-googleJá é rotina a utilização da internet pelos pacientes, cuidadores e familiares, o profissional da saúde deve ter a consciência que não há como fugir desta realidade. Quem nunca pesquisou sobre sintomas, tentou desvendar o resultado de um exame ou procurou informações sobre o diagnóstico de uma doença? Não faltam sites com diagnósticos mágicos e promessas de curas milagrosas provocando mais indagações ou respostas fantasiosas a questionamentos frequentes. A sua presença on-line exige uma ação participativa, seja amigável ou hostil, esta sim é a grande opção. É importante definirmos como interagir dentro deste ecossistema, o qual transforma o “Dr. Google” em um colega ou um concorrente, dependendo exclusivamente de nosso posicionamento. Para todos a internet pode transformar-se em um e-pântano, onde todos se enterram e nenhum se destaca.

Ao invés de contestar o conteúdo da web, devemos aumentar a nossa participação em redes sociais e fóruns de discussão pois a geração de conteúdo cria espaços para disseminar conhecimento de qualidade para os interessados. Talvez a ferramenta mais adequada para esta finalidade sejam os blogs ou diários virtuais onde seus autores são comprometidos com a  informação e a troca de experiências.

Os blogs com autores qualificados dão credibilidade à informação e aproximam os interessados da realidade cientificamente validada. Os internautas tem a chance de consumir conteúdo sério e produzido por fonte confiável e os profissionais ganham em popularidade, possuindo um diferencial competitivo. Todos ganham com este processo

Há alguns anos edito o blog ForadoPonto, (quase 600 000 page-views), ferramenta para difusão de conhecimentos em arritmias cardíacas. Apesar de parecer simples, exige tempo e dedicação pois a demanda dos leitores é alta porém com resultados profissionalmente compensadores, neste caso sem monetização direta. Os comentários oriundos dos leitores transmitem a real situação de inquietação e falta de informações da população.

Se você é profissional da saúde, nunca subestime o leitor. Faça suas postagens atualizadas e informativas, lembre-se que a sua credibilidade é a grande ferramenta para diferenciar-se do Dr. Google.

Se você é usuário da internet e leigo na área da saúde, lembre na próxima vez que você for pesquisar no Google sobre sua saúde, não esqueça de verificar os blogs.

Você pode descobrir um tesouro de informações fornecido por profissionais qualificados.

 

FONTE: Empreender Saúde

Sobre Priscila Torres

mm

O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR.
Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social “Jornalismo” na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Conselho Federal de Medicina agiliza diagnóstico de morte encefálica

Os critérios para diagnóstico de morte encefálica foram alterados nesta terça-feira, 12, pelo Conselho Federal …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas