Home / Notícias / Conheça o adesivo que pode ser fundamental na vida dos parksonianos

Conheça o adesivo que pode ser fundamental na vida dos parksonianos

adesivo-inteligenteSe achamos os atuais wearable devices revolucionários, precisamos ver essa prévia feita por pesquisadores da Coréia. Eles criaram um patch de espessura mínima que pode ser colado ao corpo e detectar tremores sutis, administrar medicamentos previamente armazenados sob demanda e registrar a atividade.

O produto está em fase de estudos, mas pode ser útil, no futuro, para portadores da doença de Parkinson ou outras desordens de movimento. Segundo o pesquisador responsável, Dae Hyenong Kim, “o sistema representa uma nova direção nos cuidados de saúde personalizados que acabará por possibilitar a criação de dispositivos de diagnósticos e terapia que podem ser usados ​​como as tatuagens temporárias da nossa época de criança”

A pesquisa dos wearable devices foi feita em parceria com pesquisadores de uma startup de Cambridge, Massachusetts, a MC10, que trabalha com a “eletrônica elástica”, usada como base para o sistema estudado.

O produto inclui medidores de tensão, feitos de nanomembranas de silício, com molas para controlar a atividade muscular. Os dados captados por estes sensores são armazenados em um sistema de memória de 30 nanômetros de espessura. Futuramente, espera-se que estes dados sejam acessados por uma etiqueta RFIP integrada ao dispositivo ou que possam que enviados a um smartphone, mas esta parte ainda encontra-se em desenvolvimento.

Além disso, há também elementos de aquecimento para ativar a liberação medicamentosa remotamente. Este medicamento encontra-se em nanopartículas de sílica porosa que, quando aquecidas, têm suas ligações quebradas, liberando o medicamento.

“Enfim, desenvolveremos um sistema totalmente automatizado que combina esses sensores, uma memória e um mecanismo de liberação de medicamentos e um microcontrolador para possibilitar a liberação automatizada de medicamentos em um adesivo epidérmico”, diz Ghaffari sobre a criação e o desenvolvimento dos wearable devices.

 

FONTE: http://www.empreendersaude.com.br/conheca-o-adesivo-wearable-devices/

Sobre Priscila Torres

mm

O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR.
Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social “Jornalismo” na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Conselho Federal de Medicina agiliza diagnóstico de morte encefálica

Os critérios para diagnóstico de morte encefálica foram alterados nesta terça-feira, 12, pelo Conselho Federal …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas