Home / Notícias / 92% das pessoas têm o hábito de buscar informações de saúde pela internet

92% das pessoas têm o hábito de buscar informações de saúde pela internet

Pesquisa realizada pela Doctoralia revela que maioria das pessoas conta com ferramentas de eHealth para se conectar ou sanar dúvidas com profissionais de saúde

Cada vez mais a era do paciente 3.0 é realidade. Entre mais de 1.000 entrevistados, 92% já recorreram à internet para esclarecer dúvidas e 25% tiraram suas dúvidas com médicos por esse meio. E qual é o principal motivo para terem procurado um médico? 37% afirmam que usaram esse meio para buscar informações após um diagnóstico, 27% para tratar assuntos urgentes e 22% quando se viram diante de problemas de saúde de crianças. É o que revela uma pesquisa realizada pela Doctoralia, plataforma líder mundial que conecta pacientes e profissionais de saúde.

Buscar informações sobre saúde é algo cada dia mais comum na vida dos brasileiros.  Entre os 92% que afirmam usar esse meio para sanar dúvidas sobre saúde, a maioria (62%) tem uma resposta clara e objetiva quando questionado sobre o motivo de usar a web para essa finalidade: “Porque quis uma resposta rápida para esclarecer minha dúvida”. Isso porque na era da Internet as pessoas são mais imediatistas e estão acostumadas a ter tudo ao seu alcance em apenas um clique e na área de saúde não tem sido diferente. Outro fator bastante comum para que as pessoas utilizem esse meio como fonte de informações é a troca de experiências com pacientes que estão na mesma situação e procuram ajuda, acompanhamento e troca de experiências.  Essa alternativa foi escolhida por 20% dos entrevistados.

E os avanços também acontecem em termos de escolher os meios certos para fazer essa pesquisa e encontrar informações corretas, atualizadas e validadas por profissionais da saúde. Assim, 73% dos entrevistados acreditam que a internet é uma ferramenta que os auxilia a tomar decisões corretas.

“Vivemos em uma era em que a tecnologia está cada vez mais presente na vida dos pacientes e, por sua vez, na vida dos médicos, que aderem às ferramentas de eHealth para terem um canal de comunicação rápido para atender aos seus pacientes. Esse tem sido um meio bastante efetivo de estreitar o relacionamento com os profissionais de saúde”, comenta Carlos Eduardo Lopes, country manager no Brasil da Doctoralia.

A pesquisa revela ainda que os brasileiros sabem que saúde é coisa séria e que buscam por acompanhamento contínuo de um profissional, já que 78% dos entrevistados afirmam ser leais aos médicos que frequentam, principalmente em algumas especialidades, como ginecologista, urologista, nutricionista, psicólogo e gastroenterologista. Além disso, 95% seguem as recomendações do seu médico após uma consulta.

“Esse estudo foi realizado analisando o comportamento de usuários de quatro países: Brasil, México, Espanha e Polônia. O que nos surpreendeu é que o comportamento dos pacientes é similar nos países nos quais a pesquisa foi realizada e isso reafirma que é uma tendência global se conectar para obter informações sobre saúde e, cada dia mais, a internet é a principal fonte seja para buscar um médico, para sanar dúvidas ou entender melhor que tipo de especialista é o responsável pelo tratamento de determinado problema. Diante disso, os médicos também contam cada dia mais com a tecnologia para atuar, o que gera um crescimento acelerado no segmento de e-Health”, finaliza Lopes.

Confira abaixo os principais resultados da pesquisa:

Você já utilizou a internet para esclarecer uma dúvida sobre saúde com um médico?
Sim 25%
Não 75%

 Fonte: Doctoralia

Que tipos de dúvidas você esclareceu com um médico pela internet? (Perguntado apenas para quem respondeu sim na questão acima, com opção de múltipla escolha)
Dúvidas depois de um diagnóstico 37%
Assuntos urgentes 27%
Problemas de saúde em crianças 22%
Para solicitar uma segunda opinião 21%
Assuntos não urgentes 15%
Quando tenho vergonha de perguntar para alguém 13%
Outro 2%

Fonte: Doctoralia

Você já utilizou a internet para buscar informações sobre saúde?
Sim 92%
Não 8%

 Fonte: Doctoralia

Por que você decidiu buscar informações sobre saúde pela internet? (Perguntado apenas para quem respondeu sim na questão acima)
Porque quis uma resposta rápida para esclarecer minha dúvida 62%
Porque quis saber a opinião de outros pacientes na mesma situação que eu 20%
Para comparar com o primeiro diagnóstico do médico 11%
Porque tive vergonha de perguntar pessoalmente ao meu médico 3%
Porque não confiei no primeiro diagnóstico 2%
Outro 2%

Fonte: Doctoralia

Você acha que procurar informações sobre saúde pela Internet te ajuda a tomar decisões corretas?
Sim 73%
Não 27%

Fonte: Doctoralia

Por que você acha que a internet te ajuda a tomar decisões corretas?

(Perguntado apenas para os que responderam sim na questão acima)

Porque a Internet oferece mais informações sobre assuntos de saúde de meu interesse do que outras fontes 43%
Porque posso compartilhar informação com outras pessoas que estejam na mesma situação que eu 33%
Porque economizo tempo, pois não tenho que marcar consulta e esperar até ver o médico 21%
Outro 3%

Fonte: Doctoralia

Qual aspecto mais te preocupa quando você procura informações sobre saúde pela internet?
Encontrar informações que não foram revisadas por um especialista 41%
O grande volume de informações disponíveis 27%
Encontrar informações que não estão atualizadas diante dos avanços médicos 20%
A privacidade e os aspectos de segurança (prefiro não registrar na internet buscas sobre esse assunto) 9%
Outro 3%

 Fonte: Doctoralia

Você segue as recomendações do seu médico após uma consulta?
Sim 95%
Não 5%

 Fonte: Doctoralia

Você se considera um paciente leal aos médicos especialistas com os quais se consulta?
Sim 78%
Não 22%

 Fonte: Doctoralia

Quais são as especialidades médicas as quais você é mais fiel ao médico com quem se consulta? (Os respondentes podiam escolher mais de uma alternativa)
Ginecologista 46%
Outros 24%
Urologista 8%
Nutricionista 7%
Psicólogo 6%
Gastroenterologista 6%
Traumatólogo 3%
Dentista 2%
Dermatologista 2%
Oftalmologista 2%
Ortopedista 2%
Psiquiatra 2%

Fonte: Doctoralia

O gênero do médico é algo que você considera na hora de decidir se agendará uma consulta com ele?
Eu me sinto mais à vontade com um médico do mesmo sexo que o meu 53%
O sexo do médico não influencia na minha decisão 18%
Tenho mais confiança se for mulher 12%
Tenho mais confiança se for homem 12%
Outro 5%

Fonte: Doctoralia

A pesquisa foi realizada pela Doctoralia em 2017 em quatro países: Brasil, México, Espanha e Polônia. No Brasil foram entrevistadas 1.025 pessoas, que possuem planos de saúde particular, sendo 70% mulheres e 30% homens.

Acesse:

Doctoralia no Facebook: @doctoralia.br

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Participação Social em Saúde

Que tipo de pesquisa é essa? Trata-se de uma pesquisa científica, de pós-doutorado, com objetivo …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas