Home / Notícias / VG capacita Agentes Comunitários para implantação do e-SUS

VG capacita Agentes Comunitários para implantação do e-SUS

Para atender aos diversos cenários de informatização e conectividade nos serviços de saúde, a Secretaria Municipal da Saúde de Várzea Grande  já aderiu  ao programa  e-SUS que é o novo sistema digital da AB (Atenção Básica) que substitui o Sistema de Informação da Atenção Básica (Siab) proposto pelo Ministério da Saúde.

Nessa adesão a Saúde Municipal iniciou com ciclo de capacitações aos profissionais da  Rede de Atenção Básica para implantação do novo Sistema. Com isso as informações dos usuários do SUS serão mais detalhadas e precisas. Cerca de 200 agentes de saúde participaram da capacitação sobre o novo sistema, na tarde de terça-feira ( 22), no auditório III, do Bloco C do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag).

Para o superintendente de Atenção Básica de Saúde do Município, Geovane Renfro, a Saúde necessita se adequar e dar agilidade aos cadastros e para tanto será realizada uma nova ação para cadastro individual familiar. “Vamos realizar durante todo o mês de dezembro mutirões em todas as unidades básicas e cadastrar 100% da população varzeagrandense que é atendida nas unidades de saúde e inserí-las aos sistemas.”Esta ação resultará em mais uma conquista para melhoria do serviço de Saúde do município de Várzea Grande nas ações de prevenção. A Produção de cada unidade tem que gerar dados, e esses dados, necessitam constar no sistema o que evitará corte de recursos nos programas que são financiados pelo Ministério da Saúde”.

O superintendente disse ainda que já foram cadastrados 24% de um total de 65 mil pessoas atendidas pelas unidades básicas. A expectativa é de que esse número total seja efetivado durante o período de realização dos mutirões.

“A capacitação visa elaborar diretrizes a fim de aperfeiçoar o atendimento dos agentes que integram os serviços do Programa Saúde da Família e instruí-los sobre a correta forma de cadastrar as informações exigidas pelo novo sistema e que ainda estão pendentes. Várzea Grande possui 19 mil domicílios de abrangência junto as unidades do Programa Saúde da Família e a intenção é também o de chegar até as comunidades de difícil acesso”, afirmou.

Geovane Renfro explicou que o e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB) é uma estratégia do Ministério da Saúde por meio do Departamento de Atenção Básica que visa reestruturar as informações da Atenção Básica em nível nacional. “ Esta ação está alinhada com a proposta geral de reestruturação dos Sistemas de Informação em Saúde do Ministério da Saúde, entendendo que a qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população. A estratégia e-SUS AB, faz referência ao processo de informatização qualificada do Sistema Único de Saúde em busca de um SUS eletrônico, o que gera eficiência e agilidade na oferta dos serviços”, finalizou.

Fonte: FolhaMax

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Mais de 50 mil AVCs podem ser evitados por ano no Brasil – entenda como

Figurando há anos como uma das principais causas de morte no país, o acidente vascular …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas