Home / Blogueiros 2016 / Blogueiros da Saúde receberam capacitação em comunicação no 3º Encontro de Blogueiro da Saúde

Blogueiros da Saúde receberam capacitação em comunicação no 3º Encontro de Blogueiro da Saúde

Aconteceu em São Paulo o 3º Encontro de Blogueiros da Saúde – “Blogueiro – paciente consumidor impactando e melhorando a saúde no Brasil”

O 3º Encontro Blogueiros da Saúde – “Blogueiro – paciente consumidor impactando e melhorando a saúde no Brasil”, aconteceu no dia 24 de setembro de 2016, em São Paulo. A ideia desse 3º encontro foi apresentar aos blogueiros e produtores de conteúdo técnicas de como realizar um trabalho de credibilidade e diversas ferramentas que transformem a maneira de consumo e produção de conteúdo de saúde. Com “casa” lotada, o 3º Encontro de Blogueiros teve a participação de sete palestrantes, que dividiram suas experiências os blogueiros de saúde. Os temas abordados foram gestão e curadora de conteúdo, vídeo como plataforma de conteúdo, qualidade e credibilidade de conteúdo, técnicas SEO, Storytelling entre outros. Confira os destaques!

dscn2717
Dr. Gilberto Natalini

O médico e vereador Gilberto Natalini, apoiador dos Blogueiros da Saúde e médico voluntário do Centro Social Bom Jesus do Cangaíba (trabalho iniciado em 1976 e que continua até hoje), foi o primeiro dentre os convidados a falar. Ele comentou sobre os avanços e retrocessos do SUS e falou ainda das comissões de políticas públicas no país. Para Natalini, cada um dos blogueiros precisam ser “ministros e ministras da saúde”. Segundo ele “Criar essa mobilização é importante para entender o sistema e saber cobrar seus direitos.”

“Vocês, blogueiros da saúde, são fundamentais para movimentar as políticas públicas. Na minha juventude eu comunicava com um megafone. Nós íamos para a rua e fazíamos nossa comunicação assim. Hoje, de casa, vocês conseguem atingir muitas pessoas. A rede social é o megafone de vocês”, afirma Gilberto Natalini.


Curadoria, Gestão de Conteúdo de Qualidade, Vídeos e SEO foram alguns temas do encontro

dscn2723
Carolina Terra

A palestrante Carolina Frazon Terra trabalha há 16 anos com comunicação digital e mídia, ela é Doutora e Mestre em Interfaces Sociais da Comunicação e docente de pós-graduação em Comunicação Digital da ECA-USP, FIAP e FAAP.

Para o evento Carolina falou sobre as políticas e diretrizes de conduta em mídias sociais, ou seja, como atingir seu público alvo. Comentou ainda sobre a abordagem paga (os famosos posts pagos e como usufruir deles) e abordou a influência do novo consumidor social, além da importância do uso das redes para a disseminação de conteúdo e como ser influente nas redes.

“Estamos em um movimento irreversível. Não é possível voltar aos tempos da mídia “clássica”, hoje cada um de nós é um potencial produtor de conteúdo. Temos um poder maior de expressão e é preciso saber usá-lo da melhor forma e atingir o maior número de pessoas para aquilo que queremos dizer”, explica Carolina.

A palestra de Carolina chamou a atenção dos participantes. Ela deu diversas dicas de como produzir um conteúdo engajado. Destacamos algumas:

Identifique, siga e acompanhe as melhores fontes geradoras de conteúdo da sua área; dê sentido ao conteúdo de acordo com o perfil do seu blog e da sua audiência; adapte a linguagem; mescle conteúdos e até ofereça novos pontos de vista e sempre compartilhe e ofereça conteúdo de valor para o seu público.

Um bom curador de conteúdo, aquele que pesquisa e escreve em suas plataformas de comunicação, precisa ficar atento também aos detalhes na produção: não reproduza apenas a matéria; coloque uma análise; mostre casos interessantes; use imagens impactantes e não se comprometa recomendando medicamentos.

dscn2765
Luciana Holtz

Além, disso, usar as redes sociais a seu favor é primordial. “Muitas pessoas chegam até o seu blog via rede social. Seja criativo e use uma linguagem direta. Aproveite os assuntos quentes das redes sociais e faça um link com o seu conteúdo. Mas sempre com cuidado, para não destoar da sua linha editorial”, explica.
E se o conteúdo é importante, um conteúdo de qualidade é primordial. E esse foi o tema da palestrante Luciana Holtz, psicóloga especialista em psicologia hospitalar, psico-oncologia e bioética. Luciana também é presidente do Instituto Oncoguia.

“Diversos pacientes chegavam ao meu consultório especialmente abalados por conta de informações que eles tinham visto na internet”, comentou Luciana.

Ela disse que essa demanda começou a surgir em meados de 2003. Quando os blogs começaram a aparecer na ainda “criança” internet. Luciana viu uma oportunidade de criar conteúdo para a internet, mas um conteúdo de qualidade. Assim nasceu o Oncoguia.com.br.

Aos poucos o site foi tomando forma e ganhando acessos (se no início, 2003, ele tinha 30 acessos mês, hoje o site alcança 1 milhão de acessos por mês). Em 2009 Luciana, colaboradores, amigos e médicos do site resolveram transformar a iniciativa em ONG, o Instituto Oncoguia.

Luciana acredita que quando uma pessoa é diagnosticada com alguma doença a internet pode se tornar o primeiro buscador de informações. É neste cenário que o blogueiro tem total importância, tanto pela informação de qualidade quanto a veracidade do acolhimento, evidenciando a responsabilidade social do blogueiro de saúde como como influenciador digital sobre as decisões em saúde do paciente internauta que busca informações e referências pessoais para seguir, por isso, enfatiza, que não basta ser influenciador tem que engajar e ser responsável pelo conteúdo deste engajamento.

Entre as iniciativas de sucesso em conteúdo na internet está o portal jornalístico Minha Vida, que também esteve presente na 3º Encontro de Blogueiros. A jornalista e editora-chefe do portal, Camila Rutka, conversou com os participantes sobre a influência da internet na busca por informação.

“O portal Minha Vida recebe diversas perguntas todos os dias pelas nossas redes. Os motivos são diversos: seja porque o médico não respondeu adequadamente uma questão ou até mesmo por vergonha do paciente em questionar e perguntar algo ”, comenta Camila.

dscn2999
Camila Rutka

A jornalista diz ainda que o cenário da saúde brasileira também é propício para essa demanda. “O acesso à saúde no Brasil é muito desigual. Cerca de 70% da população brasileira depende do SUS. Mesmo sendo um sistema que salva vidas ele tem muito defasagem no atendimento”.

E, se por um lado a cadeia de saúde não é eficiente, por outro, o acesso à informação sobre saúde na internet desperta nas pessoas o cuidado para uma vida mais saudável. O Minha Vida trouxe uma pesquisa do Instituto Ipsos que revela que 86% dos brasileiros pesquisam informações sobre saúde na internet. Sendo que 68% procuram medicamentos, 45% procuram informações sobre hospitais e 41% querem trocar experiências com pacientes que estão passando pela mesma questão.

“Essa pesquisa tem muito a ver com o trabalho que vocês blogueiros desenvolvem. Pois além da busca por informação médica existe a busca por histórias, por pessoas que passaram ou estão passando pela mesma situação”, diz Camila.

Youtube como fonte de informação; Alcance e engajamento no conteúdo e como contar uma história de forma cativante

A internet é ampla e cada dia mais as mídias agregam à comunicação. Um exemplo é a plataforma de vídeos Youtube, fundada em 2005 e que possibilita criar vídeos de forma digital e compartilhar com o mundo.

dscn2980
Renato Estranho

O youtuber Renato Estranho conversou com os participantes do 3º Encontro de Blogueiros e explicou as vantagens de criar conteúdo em vídeo.

“Dentro do meu processo criativo eu falo sobre situações do meu dia a dia. E acredito que para vocês, como blogueiros da saúde, é algo que tem muito valor. Dividir experiências cria empatia”, explica Renato.

Para Renato o vídeo é um conteúdo fácil de ser consumido e de ser produzido também, pois com um celular e iluminação, mesmo que improvisada, você pode dar o recado.

“Uma das primeiras dicas é sempre deixar uma luz e um microfone próximos de vocês, mesmo que o microfone seja o do celular e a luz seja de um abajur. Isso ajuda a dar mais qualidade para seu vídeo”, explica Renato.

O youtuber reforça ainda que ter engajamento e distribuir estrategicamente seu vídeo em diversas redes sociais, além de disseminar seu conteúdo, pode gerar um melhor alcance. Sobre edição de vídeo ele recomenda o Adobe Premiere para quem está iniciando, pois acredita ser um software mais didático.

Bruno Scartozzoni
Bruno Scartozzoni

Saber contar uma boa história é uma das melhores formas de prender a atenção de alguém. Tarefa essa que Bruno Scartozzoni leva a sério. Consultor de estratégias e storytelling, professor de storytelling e transmídia da ECA/USP e da FIAP, Bruno também é co-fundador da primeira agência brasileira especializada em criação de histórias para empresas.

“Meu objetivo hoje é ensinar para vocês como contar uma história de forma atrativa e de como usar técnicas de storytelling no tipo de trabalho que vocês fazem”, comenta Bruno.

Storytelling pode ser traduzido como “contação de histórias”, mas não é só isso. Essa linguagem está presente em nosso dia a dia mais do que imaginamos. Nós consumimos storytelling em novelas, filmes, livros e até na contação de história que a professora do primário costumava realizar para nos entreter.

“Essa ideia possibilita estruturar fatos dentro de uma fórmula muito simples: um personagem lutando contra forças antagônicas para alcançar um desejo”, explica Bruno.

E ainda completa: “O trabalho que vocês [blogueiros e produtores de conteúdo de saúde] desenvolvem não é exatamente isso? Todo paciente não é um ‘personagem’ lutando contra uma doença e tentando buscar a cura, a qualidade de vida ou o apoio familiar? Isso significa que vocês são potenciais contadores de histórias sobre o assunto da saúde. E quando se conta uma boa história, ela fica para sempre. ” Bruno apresentou 13 passos pontos sobre histórias entre eles destacam-se, histórias engajam, são sempre sobre pessoas e sentimentos, sempre começam quando a rotina é quebrada e mostram o processo de transformação, apontando claramente de que forma o Storytelling pode fazer parte da rotina dos blogueiros da saúde.

dscn3067
Anderson Ferro

Se contar uma boa história é primordial, fazer com ela alcance o máximo de pessoas possíveis é a praia de Anderson Ferro. Ele é programador, empresário, consultor web, trabalha com técnicas SEO e também esteve presente no 3º encontro de blogueiros.

“SEO nada mais é do que fazer o Google conhecer o seu site. Mesmo sendo um ‘robô’ que só entende códigos, existem pessoas por trás desses códigos. E uma das primeiras dicas é: sempre ter conteúdo de qualidade no seu site, blog, canal do youtube ou rede social. Uma vez que ele está no ar, é necessário mostrar ao Google que vale a pena indexá-lo, porque existe conteúdo novo na plataforma, ou para o Google ‘códigos novos’, isso movimenta o fluxo da sua página”, comenta Anderson.

Separamos aqui cinco das diversas dicas que Anderson apresentou no evento:

  1. Escolha um nome que tenha a ver com o que você quer falar na rede, mas também de fácil assimilação, isso ajuda muito o potencial leitor a chegar em seu site primeiro;
  2. Crie seu blog ou site no WordPress, plataforma de fácil acesso para o produtor de conteúdo e que possui uma gama e códigos que facilitam a navegação, inclusive no celular, além de já vir otimizado para os códigos de busca do Google;
  3. Use título com até 70 caracteres; e descrição (linha fina ou resumo do seu texto) com até 160 caracteres;
  4. Usar o Google Analytics para saber qual conteúdo do seu site está sendo mais visto pode ajudar a entender melhor o seu público.
  5. Crie uma rotina de postagem, ou seja, além de sempre ter conteúdo novo no site, faça uma agenda de publicação, exemplo: segunda-feira é dia de conteúdo “Pergunte Ao Médico”, quarta-feira outro conteúdo especial e assim por diante. Dessa forma você cria uma rotina de visitas. O Google percebe isso e pode dar mais visibilidade para seu conteúdo.
dscn3004
Tiago Farina Matos

Depois de explicar diversas técnicas de como fazer e fidelizar seu conteúdo na internet, o 3º Encontro de Blogueiros teve ainda a participação de Tiago Farinas Matos, advogado especialista em direito na área da saúde. Tiago trabalha em diversas frentes ligadas à saúde, entre elas o Instituto Oncoguia, como sócio-diretor jurídico e atua ainda com membro titular da Comissão do Terceiro Setor da OAB/SP.

Tiago trouxe aos participantes o tema Judicialização da Saúde. Situação que faz a pessoa procurar seus direitos no âmbito.

“A possibilidade de pessoas entrarem com uma ação judicial para proteger um direito que foi violado é uma conquista muito grande na nossa sociedade”, explica Tiago.

São inúmeros os casos que levam alguém a procurar a justiça, principalmente na área da saúde. E para entender quais são esses desafios é necessário conhecer as causas.

“Se as ações judiciais fossem vistas como forma de resolução de problemas recorrentes, como, por exemplo, diversos pedidos de fraldas geriátricas via ação judicial, seria possível ir no foco do problema, resolvendo um todo e não só a demanda de uma pessoa. A partir daí você começa a entender todo um problema de demanda”, conta Tiago.

Tiago também trouxe em sua fala a questão dos medicamentos. O advogado informa que “uma vez incorporado pela CONITEC ele já foi judicializado e está disponível no SUS.” Entretanto não há uma fiscalização sobre o medicamento efetivo para o paciente. Em alguns casos ele pode conseguir a medicação. Em outros não fica disponível.

“Trazer critérios mais claros para a incorporação com ampla participação da sociedade médica pode ajudar a CONITEC a ter mais legitimidade e credibilidade social. Afinal, para tomar uma decisão coerente precisamos de informação e a partir desse momento tomar uma decisão responsável e sustentável”, comenta Tiago.
O 3º Encontro dos Blogueiros da Saúde movimentou mais de 200 participantes que seguiram com muita energia durante todo o dia de evento. Uma iniciativa que possibilita a troca de conhecimento e proporciona acolhimento na área da saúde.  

O 3º Encontro de Blogueiros da Saúde, é uma realização do GRUPAR-RP, Blogueiros da Saúde e Encontrar, contou com apoio institucional do Instituto de Oncologia, Abrale e Vereador Gilberto Natalini e recebeu patrocínio da Merck Serono e Novartis do Brasil.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre Priscila Torres

mm
O diagnóstico de uma doença crônica, em 2006, me tornou, blogueira e ativista digital da saúde. Sou idealizadora do Grupo EncontrAR e Blogueiros da Saúde. Vice-Presidente do Grupar-RP, presidente do EncontrAR. Apaixonada por transformação social, graduanda em Comunicação Social "Jornalismo" na Faculdades Unidas Metropolitanas.

Além disso, verifique

Influência na internet na busca por informações de saúde por Camila Rutka do Portal Minha Vida

Entre as iniciativas de sucesso em conteúdo na internet está o portal jornalístico Minha Vida, …

um comentário

  1. Show! Foi realmente fantástico poder compartilhar em meio a “gigantes”. Parabéns pelo excelente trabalho e deixo aqui que fiquei imensamente grato pelo convite. Abs e sucesso sempre!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas